5 Destinos a Visitar no Halloween

Halloween Surfer Girl

Diz o ditado espanhol: “Não acredito em bruxas, mas que as há, há!”, e esta parece ser a altura perfeita para falar sobre elas… e sobre fantasmas, assassinos, vampiros ou esqueletos. Tudo vale no Halloween.
Mas por aqui falasse mesmo é de viagens e que melhor desculpa do que o Dia dos Mortos para descobrir alguns destinos imersos em mistério e histórias de arrepiar?
A primeira proposta nesta lista de locais assustadores é a única que até hoje visitei e que posso falar na primeira pessoa. Para as restantes procurei outras fontes de leitura que vos vão ajudar a ter mais informação.

1.
O Hotel Abandonado na Lagoa das Sete Cidades — São Miguel, Açores

Halloween Açores
Localizado na Lagoa das Sete Cidades, em São Miguel, nos Açores, perto de um dos miradouros mais conhecidos da ilha, o Vista do Rei, existe um hotel completamente abandonado mas com uma das vistas mais bonitas que possivelmente vai ter.
Aqui o estado de degradação é avançado e há que caminhar com cuidado sobre os destroços e vidros partidos que se encontram por toda a parte.
A unidade hoteleira começou a ser erguida há vários anos, mas por algum motivo a construção ficou a meio. Hoje, ao percorrermos aqueles corredores, temos a noção de ter entrado num mundo à parte. Aqueles quartos nunca viram vida ou as salas movimento, mas, mesmo assim, há algo que desperta a curiosidade de quem por ali passa.
O local não é assustador se for em grupo, como eu fui. Agora, ir sozinho ou já depois do sol posto…

2.
O Castelo do Drácula em Bran — Transilvânia, Roménia

Halloween Roménia
Quem nunca leu um livro ou viu um filme sobre o Conde Drácula?! A personagem foi criada por Bram Stroker e desde aí que habita o universo do fantástico e do terror. Mas Stroker não inventou Drácula do nada. A história terá tido na sua génese o príncipe romeno Vlad Tepes. Conhecido como “O Empalador”, Tepes terá passado por um castelo do séc. XIV, localizado em Bran, na Transilvânia… conhecido aos dias de hoje como o Castelo do Drácula.
Para conhecer melhor a história daquele que é um dos monumentos mais visitados na Roménia, sugiro a leitura deste post do David Samuel, do Dobrar Fronteiras. Lá vai encontrar todas as histórias e dicas sobre a fortaleza do rei dos vampiros!

3.
Jack, O Estripador e as ruas de Londres — Inglaterra

Halloween Inglaterra
Jack, o Estripador, ficou para a história de Londres e do mundo como um dos assassinos mais sanguinários de sempre. Estávamos em finais do século XIX, no ano de 1888, para ser mais exata, e a zona Leste de Londres vivia aterrorizada por uma série de crimes que envolviam mulheres, na sua maioria prostitutas e de classe baixa. O assassino em série degolava as suas vítimas e retirava-lhe os órgãos internos, num ato de pura violência como nunca visto até então.
A história de Jack sempre esteve envolta em grande mistério e durante muito tempo se especulou quem seria realmente o assassino, uma vez que os crimes nunca foram resolvidos.
A região de Whitechapel, no East End, está hoje longe de ser o bairro degradado de então e pode ser percorrido numa das visitas guiadas que reconstituem (ou pelo menos tentam fazê-lo) várias passagens desta história macabra. Para saber mais detalhes curiosos sobre Jack, o Estripador, pode ler este artigo do Mapa de Londres.

4.
As Bruxas de Salem — Massachusetts, EUA

Halloween Estados Unidos
A pequena vila de Salem, no Massachusetts, entra para a história de locais mais tenebrosos do mundo por ter sido palco, no século XVII, de uma série de julgamentos que levaram à forca 26 mulheres acusadas de bruxaria.
Mas se um dia este local tentou expulsar as bruxas, hoje acolhe-as de braços abertos. Há um museu dedicado a elas e inúmeras referências aos locais onde se passaram vários dos episódios desta história sinistra.
Para conhecer outros detalhes sobre Salem, dê uma olhada a este post do Tô Pensando Em Viajar.

5.
A Morte em Oaxaca — México

Halloween México
Não há melhor sítio para festejar o Dia dos Mortos do que em Oaxaca, no México. A cidade leva muito a sério as festividades e durante vários dias enche-se de costumes e tradições que vão desde os altares, mercados, tapeçarias feitas de areia e, como não podia deixar de ser, visitas aos cemitérios e comparsas (desfiles de mascarados, com música e dança).
E se no final de tudo isto nem é grande fã desta festividade, a cidade mexicana continua a ser um local incrível para visitar, como pode confirmar neste artigo do Alma de Viajante.

 

Fã do Halloween?

Partilhe na caixa de comentários em baixo os sítios mais estranhos que alguma vez visitou. Vou adorar ler!

Vai também gostar de ler:

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: