O Campeonato Mundial de Surf é assim!

campeonato mundial de surf

Há uma altura do ano em Portugal que surfistas e adeptos da modalidade rumam a Peniche para assistir aos melhores do mundo. Quando o Campeonato Mundial de Surf chega à cidade, tudo pára e os olhos viram-se para a água.

Em 2017 não foi diferente. Com a prespetiva de ondulação grande, principalmente no primeiro fim de semana do período de espera, o areal da praia de Supertubos encheu-se com milhares de pessoas. E eu fui uma delas!

Sou adepta do World Surf League (WSL) e sigo as etapas em directo, mesmo que implique ficar acordada noite fora por causa do fuso horário. Por isso, poder ver os melhores surfistas mundiais a competir no meu país é uma oportunidade única. Mesmo que não consiga acompanhar tão bem a competição, os scores ou os comentários.

campeonato mundial de surf campeonato mundial de surf campeonato mundial de surf

Mas como qualquer grande evento, existem pros e cons. E mostro-os aqui. Para que em 2018 — sim, a organização do WSL já confirmou que a prova portuguesa é para continuar — possam melhor decidir a vossa viagem até Peniche. 🙂

Campeonato Mundial de Surf

Meo Rip Curl Pro Peniche

 

Quem esteve este ano em Peniche? O que acharam do Campeonato Mundial de Surf? Partilhem a vossa experiência na caixa de comentários!

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Vai também gostar de ler:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: