Os Melhores Destinos Para Surfar em 2018

2018 está aí e este é o momento certo para fazer planos de viagem. Mas com tantos locais perfeitos para onde viajar, quais os melhores destinos para surfar? Este ano, parta à descoberta destes cinco destinos, onde o surf pode ser forte e cheio de adrenalina ou mellow e perfeito para quem ainda está a descobrir o desporto.

Trestles, California, USA

Trestles
Image via Flickr by digitizedchaos

Perto de San Clemente, a área conhecida como Trestles inclui cinco ondas distintas: Church, Middles, Lowers, Uppers e Cottons. Lower Trestles tornou-se a mais conhecida, porém é também a mais concorrida, o que quer dizer que tem que ser um surfista experiente para conseguir surfar ali. Mesmo ao lado, Uppers pode ser melhor opção, mais simples e igualmente divertida. Para chegar à praia tem que caminhar pelo Parque Estatal de San Onofre e atravessar a linha de comboio.

 

Waikiki, Oahu, Hawaii

Waikiki
Image via Flickr by jdnx

De todas as ilhas havaianas, Oahu é a mais conhecida. Não fosse lá que se encontram as praias de Pipeline, Waimea Bay e Sunset Beach. Mas estas são apenas três das cerca de 100 ondas conhecidas em toda a ilha.

Pode pensar que Oahu é um destino para surfistas experientes, mas Waikiki é, de facto, o melhor lugar para visitar se está a dar os primeiros passos no surf. E para que a experiência de uma surf trip havaiana seja completa, nada como passar um dia a visitar a bonita Honolulu e encantar-se com a cidade.

 

Popoyo, Nicaragua

Nicaragua
Image via Flickr by over_kind_man

A Nicaragua tem-se tornado num destino de surf na América Central. E não é por menos. Se procura boas ondas, em água quente, inseridas num ambiente local acolhedor, então Popoyo é a região que procura.

Aqui tem uma série de ondas que vão desde bonitos beach-breaks a reefs apenas acessíveis de barco. O calor pode ser o seu principal inimigo, com as horas a meio do dia mais propícias para relax junto de uma piscina ou dentro do alojamento.

 

Arugam Bay, Sri Lanka

Sri Lanka
Image via Flickr by lakpuratravels

A costa sul do Sri Lanka é bem conhecida pelas ondas, mas se procura uma vila onde se vive e respira surf, então Arugam Bay é o local a ir. O sítio é ideal para os vários níveis de prática. As ondas correm paralelas à praia e tem vários locais de arranque, pelo que o crowd espalha-se e permite que todos os surfistas tenham a sua chance de apanhar uma onda.

 

Jeffreys Bay, South Africa

Jeffreys Bay
Image via Flickr by ReeSaunders

Apesar de ser um dos locais mais desafiantes nesta lista, Jeffreys Bay é um dos destinos de surf para descobrir este ano.

Em Jeffreys Bay, o surf pode ser exigente. Terá que lidar com entradas e saídas pelas rochas e a água nunca é quente. E, depois, há sempre a possibilidade de ver um tubarão, embora as probabilidades estejam a seu favor. Mas se conseguir apanhar aqui uma boa onda, vai andar muitos metros em cima da prancha e tudo valerá a pena.

Dos EUA à América Central, Ásia ou África, existem muitos lugares extraordinários para surfar ou aprender o desporto. Escolha o seu favorito e tenha uma fantástica aventura!

Vai também gostar de ler:

18 comments

  1. Seu post me deu ainda mais vontade de aprender a surfar. rs. Meu marido surfa e tentei aprender quando estivemos em Bali, mas acho que não foi o melhor lugar para começar… fiquei morrendo de medo das ondas. haha
    Em Jeffreys Bay também quase surtei com a possibilidade de encontrar um tubarão e nem me atrevi a entrar na água. Um dia, quem sabe 😀

    1. Oi, Fernanda. Realmente começou pelo mais difícil! Em Bali, as ondas são mais técnicas e já requer alguma perícia. O fundo de rocha na maioria delas também não ajuda. Em Jeffreys Bay, a onda também não é fácil e a possibilidade de tubarão é uma realidade, embora quando lá surfei não avistei nenhum. Depois, estava tanta gente dentro de água que eu pensei que as hipóteses de ele me escolher a mim eram menores. hihihih
      Mas não desista. O surf é um desporto lindo e existem ondas para todos os níveis. 🙂

  2. Cada lugar mais lindo que outro: para surfar, olhar, banhar… Faz milhões de anos que não surfo e não sei se um dia voltarei a surfar, mas mesmo então só gostava das marolinhas e ondas gordinhas! rsrsrs Não há mal que não se cure com um dia de surf! 🙂

    1. Eheheh Eu também sou fã de ondas mais “simpáticas”. Ondas grandes deixam-me nervosa 😉 Mas como você diz, estas praias não são só para surfistas. São também ótimos destinos para quem gosta simplesmente de estender a toalha no areal e descontrair. 🙂

  3. Uau! Que lugares mais lindos e fantásticos que se encontram por esse mundo! A minha aptidão para o surf sempre foi duvidosa eheh mas não importa, mesmo assim o que eu gosto é de desfrutar desses mares maravilhosos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: