6 LOCAIS PARA VISITAR EM LEIRIA

Dizem que visitar Leiria é ver um rio que corre para cima, uma torre que não tem Sé, uma Sé que não tem torre e uma Rua Direita que não o é. No mínimo curioso, diria eu. Mas a rima popular está correta e estas e outras curiosidades tornam esta cidade do centro de Portugal merecedora de uma visita.

A baixa de Leiria não é grande, por isso, numa manhã consegue percorrer os principais pontos de interesse. Do castelo ao museu da cidade, prepare os sapatos e siga este roteiro. 😉

  1. Castelo de Leiria

Comecemos por um dos principais monumentos a visitar em Leiria. No topo da colina, o Castelo é um fantástico exemplo da arquitetura militar romântica. Mandado construir por D. Afonso Henriques, foi considerado monumento nacional no início do século XX e hoje guarda entre as muralhas registos da importância que a cidade teve para a História de Portugal.

Terá que pagar um bilhete de entrada, mas valerá a pena para conhecer o Paço Real, a Igreja de Santa Maria da Pena e a Torre de Menagem.

Visitar Castelo Leiria

  1. Sé de Leiria

Descendo do castelo no sentido da baixa vai cruzar-se com a Sé de Leiria. O edifício foi construído no séc. XVI, mas o que hoje pode visitar é já uma reconstrução. Afinal, por ele já passaram o terramoto de 1755 e as invasões francesas.

Visitar Sé Leiria

  1. Casa do Eça de Queiroz

Poucos sabem (pelo menos, eu não sabia) que Eça de Queiroz nasceu em Leiria. (*)

A casa do escritor continua no mesmo sítio, assinalada por uma placa comemorativa. Infelizmente, não pode ser visitada, até porque está avançado estado de degradação. Uma pena, tendo em conta a importância que Eça tem para a cultura portuguesa.

Resta olhar do lado de fora e andar pela cidade à procura de outros sinais da passagem do autor por aquela terra.

Visitar Eça Leiria

(*) Correção: Como tão bem apontou a leitora Telma Martins, Eça de Queiroz não nasceu em Leiria, mas sim na Póvoa do Varzim. O mesmo pode ser observado na placa que se encontra à porta da casa por onde o escritor passou (não sei como me passou!!). As minhas desculpas se vos induzi em erro!

  1. Praça Rodrigues Lobo

É a principal praça da cidade e à sua volta existem vários cafés onde podemos passar o tempo.

Mesmo ao lado encontrei uma fachada com uma pinturas maravilhosas. E existem outros pequenos recantos a descobrir quando visitar Leiria. 🙂

Visitar Praça Leiria

  1. Jardim Luís de Camões e envolvente

Outro dos pontos de referência da cidade é o Jardim Luís de Camões. Estendido ao longo do rio Lis, é ponto de partida para descobrir outros locais de interesse em redor, como o edifício do Banco de Portugal, o Mercado de Sant’Ana, a fonte luminosa ou a Igreja do Espírito Santo.

Visitar Jardim Leiria

  1. Museu de Leiria

Última paragem antes de irmos embora: o Museu de Leiria. Com a entrada mesmo ao lado do Convento de Santo Agostinho, guarda coleções que contam a história da cidade.

O bilhete custa 5€, mas dá direito a uma visita ao Moinho do Papel, a poucos metros dali.

Visitar Museu Leiria

E depois de visitar Leiria…

Fique a dormir num dos vários hotéis que encontra na cidade. Veja todos os alojamentos disponíveis em baixo.

A Surfer Girl tem uma parceria com o Booking.com. Se reservar alojamento através de um dos links do blog vai estar a ajudar-me a manter o blog e não paga mais por isso! 🙂



Booking.com

Siga-me neste passeio por Leiria

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Vai também gostar de ler:

23 comments

    1. Oi, Leo. Foi muito bom saber que Eça de Queiroz nasceu naquela cidade, mas infelizmente a casa está em estado degradado e não pode ser visitada por dentro. Espero que um dia essa situação mude e possam dar-lhe o reconhecimento que merece.

  1. Passo em Leiria muitos fins-de-semana e conheço bem… portanto estou qualificada para dizer que escolheste bem os sítios!! 🙂 O Mercado de Santana é outro ponto a visitar que em muitos fins-de-semana tem pequenas feiras… como a Feira do Sushi & Gin, a feira de Chocolate, etc.!

    bjs

    1. Olá, Telma. Tem toda a razão. Estava tão empolgada com a ligação de Eça à cidade que estava a induzir os leitores em erro. Já introduzi uma nota de correção no artigo. Muito obrigada pela observação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: