VOLVER E DAR DE NOVO

Nesta Restaurant Week em Lisboa entreguei-me aos sabores do chef Chakall e fui visitar o seu restaurante Volver de Carne Y Alma.

Volver-Destaque

Mais um Restaurant Week em Lisboa e mais um bom restaurante para experimentar. Desta ver entreguei-me aos sabores do chef Chakall e fui visitar o seu restaurante Volver de Carne Y Alma.

Para quem ainda não conhece o conceito do Portugal Restaurante Week (onde têm estado?!) consiste em ter acesso, durante uma semana, a restaurantes de topo por 20€ por um menu pré-selecionado.

Feitas as introduções, lá fui ao Volver e a experiência foi magnífica!

À entrada sentámo-nos um pouco ao balcão, a absorver todo o ambiente que, como qualquer restaurante destes, se quer elegante e intimista. Embora não fizesse parte do menu estabelecido, decidi experimentar um Daiquiri Volver (6,50€) que estava maravilhoso, servido num frasco (já repararam que os frascos são o novo it product para servir qualquer coisa?).

Volver-02

Do bar passámos para a mesa e a partir daí foi um festival de sabores.

O covert também não integrava o menu (valeu um custo adicional de 2€ por pessoa) mas quem conseguem resistir? Nós não. 😉

Mas vamos ao que interessa. Como éramos apenas dois a jantar optámos sempre por pedir cada uma das duas opções que a ementa oferecia.

Para a mesa veio um ‘Chori à la pizza’ (Chouriço de vaca, Scamorza, Tomate, Azeitonas e Rúcula).

Volver-07

Mas foi o Ovo Fumado que teve uma entrada dramática, fechado num jarro (vêm o que vos digo… ) que, quando aberto, soltou fumo para um efeito Uau.

O ovo escalfado na perfeição, acompanhado por Bacon, Batata-doce, Espargos e Azeite trufa.

Por este momento já estávamos completamente embrenhados na refeição… e no vinho. Um tinto curioso, da região de Lisboa, que faz o cruzamento entre a casta Syrah e a Viognier, esta última mais encontrada em vinhos brancos.

Volver-08

De tal forma a conversa e os sabores dominavam a noite que acabei por não ligar mais ao telemóvel e esquecer de fotografar os pratos principais… ups!

Mas fiquem com a dica: se tiverem oportunidade experimentem o ‘Cevadotto’ (Pato, Bacon, Cherovia, Cenoura, Laranja vermelha e Sésamo) ou a Assadeira VOLVER (Vazia maturada, ‘Asado de Tira’, ‘Chori’, Morcilla, Pimento e Mesclum Batatas). Um espécie de “grelhada mista” mas com uma carne que não vão esquecer.

Claro que, perdido por cem, perdido por mil, e as sobremesas também não faltaram.

Primeiro um prato Abacaxi, Maracujá, Pimenta Rosa, Pisco e Chocolate branco e, a seguir, a chamada ‘Torta Rogel’ com um twist português — Dolce de Leche, Morangos, Panacotta de Queijo da Serra. Porque não sou super fã de abacaxi, o segundo ganhou. 😉

No final, com a bebida de aperitivo, o covert e o vinho (nenhum dos quais incluídos no menu da Restaurante Week) valeram um valor bem superior aos 20€ por pessoa do menu.

Por isso, quer neste como  em qualquer outro restaurante que escolha nesta iniciativa, tenha em conta que, muito provavelmente, terá que pagar alguns extras. Mas, garanto, a refeição ficará quase sempre mais em conta do que se optar por uma visita num dia normal.

🍴

Vai também gostar de ler:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: