Comboio Histórico do Douro — A todo o vapor!

Comboio Histórico do Douro

O Comboio Histórico do Douro tem hora marcada à tarde na estação ferroviária da Régua.

Na linha, a locomotiva a vapor 0186 espera os convidados. A máquina já está a aquecer e os passageiros vão escolhendo o lugar, de preferência à janela do lado do rio. Afinal, queremos estar estrategicamente colocados para ir acompanhando com o olhar (e a máquina fotográfica) toda a magnífica paisagem duriense.

A partida é pouco depois das 15h e, até lá, todos se distraem a fotografar o exterior das carruagens históricas e a ouvir o rancho que enche a plataforma de música e cantares regionais.

Estação da Régua Comboio Histórico do Douro

Passeio no Douro cheio de tradição

A viagem começa. Lá fora, o cenário é lindo! O zigzaguear do rio Douro, as encostas em socalcos repletas de vinhedos, o verde cruzando-se com os tons de terra e as ocasionais casas senhoriais que espreitam de tempos a tempos. Tudo isto faz com que esta paisagem seja considerada Património Mundial pela UNESCO.

A bordo são distribuídos um cálice de Porto Ferreira e um pequeno saco de rebuçados da Régua, um dos doces mais conhecidos da região. O ambiente é de festa. O grupo de música e cantares percorre todas as carruagens animando os viajantes, que acompanham com palmas e sorrisos.

Comboio Histórico do Douro Paisagem Comboio Histórico do Douro Paisagem Comboio Histórico do Douro Paisagem

Seguir viagem no Comboio Histórico do Douro

O comboio a vapor segue Douro acima rumo à estação do Tua. Mas antes, uma paragem no Pinhão, uma das gares mais bonitas de Portugal.

Construída no séc. XIX, por aqui pode ver-se um conjunto de painéis de azulejos de 1937. Retratam a vida no Douro Vinhateiro — das vindimas, ao pisar da uva ou o transporte do vinho nos antigos barcos rabelo.

Comboio Histórico do Douro Estação Pinhão Comboio Histórico do Douro Estação Pinhão

A paragem demora pouco mais de 15 minutos. Os passageiros esticam as pernas, apreciam a beleza da estação e a locomotiva recebe a manutenção necessária para prosseguir viagem.

O Tua é o destino final antes do comboio inverter a marcha e regressar ao Peso da Régua. Por aqui pouco se passa. A estação torna-se num mercadinho de produtos regionais, ideal para comprar souvenirs. Bebe-se uma água e logo é tempo de voltar.

Comboio Histórico do Douro Estação Tua Comboio Histórico do Douro Comboio Histórico do Douro Estação Tua

A viagem faz-se então mais tranquila. A paisagem continua a surpreender e há ainda tempo de trocar uns acenos entre os passageiros dos cruzeiros no rio Douro.

Às 18h30, o Comboio Histórico do Douro chega à Régua e o sentimento é de reflexão sobre tudo o que tivemos oportunidade de ver. É uma experiência brilhante e leva-nos a pensar porque acabaram de vez com este tipo de comboios. A história fala aqui mais alto e nós deixamos.

 

Gostou do post? Faça Pin!

Comments

    error: Content is protected !!