Festival Internacional do Ouriço do Mar — Pica de Bom!

Se há produto que define a Ericeira é o ouriço. Está no mar quando surfamos, está no brasão da vila, no nome da discoteca mais antiga do país e, claro está, no prato. Por isso, não é de estranhar que uma vez por ano a terra receba o Festival Internacional do Ouriço do Mar.

Festival Internacional do Ouriço do Mar

Na sua 4ª edição, o evento reuniu este ano alguns chefs de renome que ocuparam o mercado municipal para sessões de showcooking, a 24 e 25 de março. Um desses grandes mestres é o responsável pela cozinha do hotel Memmo Príncipe Real e meu amigo, Vasco Lello. Claro que não podia perder a oportunidade de testemunhar a sua abordagem ao ouriço do mar.

Como seria de esperar, o mercado estava cheio de curiosos que queriam ver e provar os vários pratos que eram confeccionados com o ingrediente comum: o bom velho ouriço do mar.  E os mesmo não deixaram a desejar. Do cru, ao doce e ao cozinhado e com um ou outro pedido para provar ao natural. O ouriço do mar fez o seu caminho pelo palato dos convidados. Por vezes de maneira mais forte, por outras de forma subliminar.

Festival Internacional do Ouriço do Mar

Ouriços do mar, abertos no momento pelo Chef Vasco Lello. Haverá produto mais fresco?

Quanto a mim, por incrível que pareça, nunca o tinha provado. A minha aproximação ao ouriço do mar tinha sido até ao momento alguns picos espetados nos pés ao caminhar pelas rochas no início ou no fim de algumas surfadas. E tenho-vos a dizer que os sacaninhas são bem tramados de tirar do pé!

Voltando ao Mercado Municipal da Ericeira e para o Festival Internacional do Ouriço do Mar, o Chef Vasco Lello estava acompanhado por outros especialistas que mostravam as suas próprias abordagens a este produto marítimo. Marco Martini viajou de Itália até Portugal e Bruno Moreira-Leite, chef em representação do Brasil, veio mostrar o poder das algas e as suas possíveis utilizações na gastronomia. Foi da sua banca que sairam os gelados de alga feitos com recurso a azoto e uma tempura muito especial.

Mas, para além do Chef Lello, Portugal também se fez muito bem representar por Emídio Concha de Almeida, da Confraria da Caldeirada de Peixe e do Camarão de Espinho, e por António Cavaco, do Gastrónomos dos Açores. Dois grandes chefs que encantaram não só com os seus preparados como com o seu humor e boa disposição

Festival Internacional do Ouriço do Mar

Com este grupo de talentos, os ouriços do mar nem tiveram chance!

Juntem-se ao Festival Internacional do Ouriço do Mar!

Este ilustre elenco foi apenas referente ao primeiro dia de showcooking, sendo que no domingo outros nomes tomaram conta da peixaria do mercado. E para quem não teve oportunidade de assistir, oportunidades não faltam para experimentar ouriço do mar até ao dia 8 de abril, já que 22 restaurantes na Ericeira (dois deles em Ribamar) se associaram à iniciativa.

Quanto a mim e aos ouriços do mar… não sei… acho que vou ter de experimentar outra vez. A textura não era o que estava à espera, mas o sabor atrai-me. Definitivamente, gosto mais deles no prato do que na pele!

Festival Internacional do Ouriço do Mar

Gostou do Post? Faça Pin!

E vocês? Já experimentaram ouriço do mar? Qual a vossa opinião sobre este produto? Contem a vossa experiência na caixa de comentário e se gostaram do artigo, partilhem! Obrigada!! xoxo

Comments